Pessoal Institucional Parceiros
Ajuda Portal do Cliente
language select Português

Como ganhamos dinheiro

A Global Prime ganha dinheiro a partir das comissões, swaps e juros. Não ganhamos dinheiro com as perdas dos clientes!

Você ainda não está pronto? Tente uma Conta Demo Gratuita

*Classificação Mundial #1 Forex Peace Army
Transparência Radical

Acreditamos em uma maior transparência entre os corretores e seus clientes

Para a Global Prime, isso significa explicar exatamente como fazemos dinheiro, como as transações de nossos clientes são executadas e com quem, para que os traders possam tomar uma decisão informada sobre se querem ou não fazer negócios connosco.

A Global Prime é um corretor ECN, STP e NDD.

Global Prime Client Review
Modelo Ético

Como geramos renda

Ao contrário dos corretores B-Book, a Global Prime não ganha dinheiro com as perdas dos clientes.

  • Comissões - cobramos comissão sobre as transações Forex e de Metais, no valor de $7 USD por lot round turn.
  • Spreads - Podemos gerar renda de spread, adicionando um limite máximo ao preço do mercado. Alternativamente, a receita do spread poderia representar a diferença entre o preço a que executamos sua transação e o preço a que cobrimos ela. Isso pode acontecer em pequenas transações que nós cobrimos em lote (ver Melhor Execução) ou em nossos produtos CFD sobre Índices e Matérias-primas que vão para um provedor de liquidez externo.
  • Swaps - Aplicamos um pequeno spread às taxas de swap que recebemos do mercado interbancário, para taxas de swap sobre as transações de Forex e de Metais.
  • Juros - Aplicamos um pequeno spread às taxas de juro que recebemos dos provedores de liquidez, para transações CFD sobre índices e Matérias-primas.
Trading Videos

Como ganhamos dinheiro por classe de ativo

Classe de Ativo Comissões Spreads Swaps e Financiamento B-book (perdas do trader)
Forex
Metals
Índices*
Energias*
A Global Prime usa "criadores de mercado não bancários" (não bancos) e corretores, para definir preços e executar transações de Índices e Energias. A Global Prime ganha uma percentagem do spread dessas contrapartes de negociação. Essas contrapartes não executam um B-book para a Global Prime.


  • Nossa lista de não bancos pode ser encontrada na seção de contrapartes de negociação em nossa página de melhor execução.
  • Veja o fundo da página, para uma divulgação completa dos ganhos de spread não bancários.
Conflito de interesses

A negociação é totalmente automatizada

A negociação da Global Prime é totalmente automatizada, ou seja, "Sem Mesa de Operações". Não temos nenhum trader discricionário humano e não tomamos decisões de execução de cobertura com base no comportamento de negociação do cliente ou na rentabilidade da conta.

A Global Prime não:

  • Executa um B-book ou ganha dinheiro com as perdas dos clientes.
  • Recebe qualquer forma de compartilhamento de lucro de uma entidade do grupo, relacionada com as perdas de negociação de nossos clientes, ou seja, nenhuma outra empresa gerencia um B-book em nosso nome.
  • Tem acordos com contrapartes de negociação, para gerenciar um B-book em nosso nome.
  • Faz transações próprias ou mantém posições de risco próprias.
No Conflict of Interest Trading

Ganhos de spread em CFDs

Os produtos CFD sobre Índices e Matérias-primas são "derivados sintéticos de seguimento do índice/mercado".

  • Ao contrário do Forex e dos Metais que são transacionados através de um "corretor prime", os CFDs sobre Índices e Matérias-primas não têm uma contraparte central, através da qual as transações são encerradas e liquidadas. Devido a isso, todas as transações se destinam, geralmente, a um único provedor de liquidez por produto. Isso significa que esses produtos não são ECN.
  • A Global Prime tem medidas em vigor (cobertas na página de melhor execução), para garantir que os preços que recebemos de nossos provedores de liquidez CFD são consistentes com outros provedores e que nossos spreads estão entre os melhores do mercado.
  • A Global Prime usa "criadores de mercado não bancários" e outros corretores para definir preços e executar transações CFD sobre Índices e Matérias-primas. A Global Prime ganha uma percentagem do spread, após os custos de cobertura, dessas contrapartes de negociação. Essas contrapartes não executam um B-book para a Global Prime.
Spread Earnings Testimonial
Benefícios da

Negociação de Classe Mundial

Spreads Baixos

Os nossos spreads baixos ECN estão entre os melhores corretores mundiais.

Liquidez

Bancos de Nível-1, criadores de mercado não bancários, ECNs e dark pools.

Variedade de Mercados

48 FX, 20 Matérias-primas, 15 Índices, 5 Moedas Digitais. 41 Ações

Transparência radical

Verificamos que somos ECN e e tudo reclama receitas de negociação!

Sem Restrições

Nada de travões à sua negociação. Scalper, Consultores Especialistas, HFT, Novidades e Consultores Especialistas amigáveis.

Baixa Latência

Velocidades rápidas de execução
a partir de um tempo tão baixo como 1 milésimo de segundo.

Questões Frequentes

O que é que significa ECN? Right Arrow

As Redes de Comunicações Eletrónicas ou "ECNs" são espaços de negociação fora da bolsa que permitem que os participantes no mercado negociem, anonimamente, com uma série de contrapartes. São as principais locais de negociação para mercados OTC, tais como Moeda Estrangeira e Metais.

Isso significa, basicamente, que as ECNs oferecem tecnologia e um local para os price makers, conhecidos por "provedores de liquidez", para distribuirem sua liquidez. Os price takers (traders) podem ver esses preços e executar operações contra eles. Por conseguinte, a ECN é responsável pelos preços/cotações e pela execução das ordens.

A Global Prime lucra com as perdas do cliente? Right Arrow

Não. Ao contrário da maioria dos provedores Forex e CFD, não lucramos com as perdas de negociação dos clientes, nem executamos um B-book. A Global Prime é uma corretora "A-book", o que significa que a gente cobre todos os riscos do mercado e, portanto, não tem a ganhar com as perdas dos clientes.

Usamos o modelo de negociação "A-book net" para pequenas transações Forex e de Metais que estão abaixo do mínimo de nosso corretor prime, a fim de reduzir as taxas mínimas de entrada. É possível que a Global Prime obtenha lucro nessas pequenas transações forex e de metais, quando um cliente sofre uma perda, mas apenas em cenários específicos. Esses cenários são incidentais e constituem a exceção e não o objetivo do modelo A-book net.

Exemplos de quando isso pode ocorrer são:

  • Se a gente aceita uma ordem de um cliente e, em seguida, cobre essa transação a um preço melhor
  • Se um cliente abre e fecha uma pequena transação, em uma sucessão rápida, antes de cobrir ela, e essa transação fecha com uma perda

É incorreto dizer que a gente lucra com as perdas dos clientes, por várias razões, nomeadamente:

  • No caso do cenário 1, se houver uma perda, então será apenas em um horizonte temporal específico, ou seja, se trata de uma transação aberta e de uma perda não realizada, e eles poderão encerrar a transação com lucro.
  • No caso do cenário 2, uma vez que todo o risco do mercado está coberto pela Global Prime, não estamos, no total, ganhando ou perdendo com os movimentos do mercado, e nosso lucro não está dependente das perdas dos clientes ou dos clientes perdedores.
  • Não fazemos perfis, classificamos ou segregamos clientes em diferentes livros ou tomamos decisões de execução de cobertura com base na rentabilidade do cliente ou em comportamentos de negociação. Isso significa, simplesmente, que não estamos tomando medidas para rentabilizar o processo, desviando as probabilidades a nosso favor, ou seja, a cobertura em lote de pequenas transações é uma taxa que impede/reduz os custos de exercício e não está concebida como um centro de lucro.
Como é que a Global Prime ganha dinheiro? Right Arrow

A Global Prime ganha dinheiro a partir das comissões, spreads, swaps e juros. Não lucramos com as perdas dos clientes.

Quem são os provedores de liquidez da Global Prime? Right Arrow

Os LPs da Global Prime consistem em bancos de nível-1, criadores de mercado não bancários, ECNs e dark pools. Alguns de nossos LP’s incluem os seguintes: Goldman Sachs, Saxo Bank, Deutsche Bank, BNP PARIBAS, UBS, LMAX, XTX, CREDIT SUISSE, HSBC, Natwest, STANDARD CHARTERED BANK, Vidarr Capital, Citadel Securities.

Todas as minhas transações são levadas para o mercado subjacente? Right Arrow

Todas as transações FX/Metal > 50.000 são executadas, diretamente, no mercado real e serão preenchidas por nossos LPs.

As transações FX < 50.000 são executadas no mercado real, quando a posição líquida das pequenas transações excede o tamanho de cobertura em lote. Isso é devido ao elevado custo para cobrir pequenas transações individuais.

Todas as transações CFD se destinam a nossos criadores de mercado que se especializam na negociação de índices e de matérias-primas, para garantir os preços mais baixos e a melhor execução. Encontre mais informações aqui https://www.globalprime.com/pt/best-execution/

Qual é a diferença entre os corretores A-book e B-book? Right Arrow

Os corretores B-book assumem o lado oposto das posições dos clientes e assumem o papel de criador de mercado. O que isso significa é que as transações dos clientes não são cobertas, no mercado real. Isso significa que o corretor lucra quando o cliente perde, criando um claro conflito de interesses entre corretor e cliente. Os corretores B-book tem interesse em que o cliente perca dinheiro, já que esse se torna o seu lucro.

Um corretor A-book é um corretor que executa todas as transações dos clientes, no mercado real. Nesse modelo, o corretor não tem interesse que os clientes percam, uma vez que as perdas dos clientes não são ganhas pelo corretor. Há menos conflitos de interesses entre os corretores A-book e seus clientes, e quando os clientes ganham, o corretor fica em melhor situação - já que eles estão ganhando as comissões de corretor.

A Global Prime é uma corretora B-book? Right Arrow

A Global Prime não executa um B-book. Isso significa que não lucramos com as perdas dos clientes ou negociamos contra nossos clientes. Acreditamos que o papel de um corretor é, simplesmente, agir como intermediário entre os bancos.